quinta-feira, 15 de setembro de 2011

…um dia difícil…

 

image

…quase metade da minha vida foi passada na tua presença…

…entravas à socapa, sem ninguém ver, para me pedires cereais do meu pequeno-almoço…

…seduzias qualquer um em entrar de mansinho onde sabias que não podias entrar…

…reconhecias qualquer um de nós à distância…

…eras o relações públicas lá da casa, de tanta amizade que fazias com qualquer espécie de ser vivo…

…eras esperto… tão esperto…

…eras adorável e sabias disso…

…eras feliz… e nós sabemos disso…

…de uma forma ou de outra, eras a excepção da minha regra quanto aos cães…

…hoje, ficou um vazio… na casa e nos nossos corações…

…hoje, fizeste derramar lágrimas…

…hoje… nem me pude despedir…

 

…e para quem pensar que “era só um cão”, não quero saber. Era o nosso cão.

…perdoa-nos…

Ly…

10 comentários:

D disse...

wow arrepias-te-me credo, nem quero pensar nessa dor que sentes mas desejo-te toda a força do mundo :D

Imagina... disse...

Muito obrigada D.**

M. disse...

O quem não importa no gostar.

Há cães com sorte:)

Imagina... disse...

Gostei da frase. Obrigada.**

Tb há donos com sorte.

Su disse...

Um animal de estimação é um membro da família, com quem partilhamos toda a nossa vida e emoções. É inevitável sentir um vazio, quando se vão...quem não sente assim dificilmente saberá o bem que sabe receber o seu amor diariamente. Lamento pelo teu cão. Pelo menos foi feliz! Isso diz alguma coisa sobre os donos. Força, querida...

Karina sem acento disse...

Óhhh, sinto muito! Eu bem sei o que isso custa, perdi o meu cão no ano passado. É um amigo que se perde! *** Beijo grande****

Imagina... disse...

Obrigada às duas, minhas queridas...**

Rafaela disse...

O texto tá lindo!
´Tmbm já perdi a minha cadela, mas tive uma sorte diferente : reencontrei-a,
ainda assim compreendo-te

Imagina... disse...

Obrigada.
Ainda bem que conseguiste encontrá-la, custa mt quando isso não acontece.

Bem-vinda Rafaela.=) **

Reflexos disse...

Arrepia-me pensar que um dia vou passar pelo mesmo. Gosto tanto, mas tanto dos meus Focinhos!

Já perdi alguns cães... é mau, muito mau.Sentes-te abandonada.